Vox nostra resonat

89 artículos en esta sección

O ensino de música na escola de pessoas surdo-mudas e cegas de Compostela

Adornos musicais nos bancos da Alameda compostelana © 2022 by isabel Rei Samartim
Manuel López Navalón estudou magistério em Madrid, onde trabalhava como Professor de Escritura no Colegio Nacional de Sordomudos y de Ciegos desde 1854.Em 1863 assume o cargo de Diretor do centro compostelano e será aqui onde realize um trabalho imenso de revolução pedagógica.

O fundo guitarrístico de Jesus Ínsua Yanes (2)

Guitarra de Jesus Ínsua Yanes © 2022 by Isabel Rei Samartim
A coleção de Jesus Ínsua acolhe o interessante conjunto do século XIX, que foi analisado no artigo anterior, e também numerosas obras de várias décadas do século XX que nos indicam o tipo de peças tocadas e ouvidas em Ortigueira naquela altura.

Os Cantos populares de Manuel Manrique de Lara (3) A Análise

Manuel Manrique de Lara © Dominio público / José Luís do Pico Orjais
Uma das grandes surpresas que levei ao ler o manuscrito de Manrique de Lara foi a de encontrar uma versão da conhecidíssima O quer que lhe quer.Esta canção virou-se muito popular trás a recriação que Mauricio Farto Parra (1867-1947) fiz para o coro Cántigas da Terra nos anos 20 do passado século.

Os Cantos populares de Manuel Manrique de Lara (2) Texto e contexto

Manuel Manrique de Lara © Dominio público / José Luís do Pico Orjais
Os Cantos populares de Manrique de Lara são anteriores à publicação em Madrid de "Cantos y bailes de Galicia" (1888) de Inzenga, .É certo que Inzenga já publicara em 1875 os "Ecos de España" e mesmo em jornais diários alguma das partituras que depois incluiria no seu cancioneiro, mas antes de 1888 os referentes bibliográficos são outros.

O fundo guitarrístico de Jesus Ínsua Yanes (1)

6 piezas de José Costa con dedicatoria a Gómez Parreño © 2022 by Isabel Rei Samartim
As partituras conservadas por Margarita Ínsua Cal, filha de Jesus Ínsua Yanes, foram publicadas na Espanha, França, Itália e Inglaterra.O fundo está formado por 19 obras, sendo que 16 têm uma numeração moderna e 3 delas estão sem numerar.

Los 'Cantares viejos de Galicia' de Marcial del Adalid

Marcial del Adalid (1880) © J. Guervas
Los once Cantares viejos son canciones originales de Adalid, sobre poemas y motivos melódicos populares, escritas sin la menor pretensión etnográfica, una perspectiva totalmente ajena al universo cultural del autor.

Os Cantos populares de Manuel Manrique de Lara (1)

Manuel Manrique de Lara y Berry © Dominio público
Manuel Manrique de Lara semelha unha figura tão atípica como contraditória.Um dândi uniformizado;um soldado artista;um crítico cortês;um burguês aristocrático.

O fundo para guitarra do Arquivo da Catedral de Lugo

Catedral de Lugo © 2010 by Antonio Costa
Copiadas da mão de Vila são as dez peças para guitarra conservadas no arquivo da catedral lucense, das quais a primeira é o famoso Allegro do guitarrista Juan de Arizpacochaga.As obras do manuscrito conservam-se no Arquivo de Música da Catedral, na pasta correspondente ao nome deste guitarrista, Arizpacochaga, e estão escritas em papel apaisado duplo e dobrado.

A coleção do Fundo Adalid. O Álbum para guitarra

Fernando de Torres Adalid (Lluís Ferrant Llausàs, 1852) © 2015 by Carolina Queipo
As partituras originais teriam sido reunidas ao longo do tempo, entre o final do século XVIII e boa parte do XIX.Finalmente, para as salvar do deterioro teriam sido copiadas no Álbum durante as décadas centrais do século XIX, tendo possivelmente servido como instrução de guitarra a várias gerações dos Torres Adalid.

A coleção do fundo Adalid. A guitarra na música de câmara

Retrato de Marcial Torres Adalid com 10 anos (ca. 1826) © 2015 by Carolina Queipo
Há aqui um grande trabalho por fazer na recuperação desta música de câmara com guitarra, que soou na Corunha no início do século XIX e que hoje ajuda a ilustrar o ambiente guitarrístico galego não unicamente da perspectiva do instrumento solista, ou popular, mas também do intenso cultivo camerístico por parte da burguesia galega.
Publicidad